top of page

Dia Mundial do Meio Ambiente

Atualizado: 12 de jun. de 2023


Hoje é o Dia Mundial do Meio Ambiente, e juntamente com as ações individuais e governamentais, a busca por produtos e serviços mais sustentáveis se tornou um dos objetivos estratégicos de empresas em todos os setores do mercado, e isso não é uma novidade. Mas como as empresas definem suas metas e indicadores, e gerenciam seu negócio buscando ser mais sustentáveis e responsáveis? Uma possível resposta a essa pergunta está relacionada às práticas ESG. Esse termo surgiu em 2004, publicado no relatório Who Cares Wins (Quem Se Importa Vence), escrito em parceria pelo Pacto Global, uma iniciativa da ONU, e o Banco Mundial. O termo em inglês significa Environmental, Social and Governance (Meio ambiente, Social e Governança) e pode ser conceituado como um conjunto de boas práticas que as organizações inserem em suas operações, com o objetivo de tornarem seu negócio mais responsável socialmente e sustentavelmente. Dentre essas boas práticas, paira pelo senso comum de que basta apenas trocar o papel A4 branco pelo reciclável, ou copos plásticos por reutilizáveis, mas, além disso, as práticas ESG estão fortemente conectadas com a gestão de riscos das organizações, impactando nas decisões dos acionistas e investidores. Segundo uma pesquisa global realizada pela PwC em 2021, 79% dos entrevistados consideram os riscos e as oportunidades ESG um fator importante na decisão de investimento, e quase metade afirmou que se desfariam do investimento se a empresa não tomasse ações para tratar as questões ESG. Sendo assim, aderir ao ESG se tornou uma estratégia de negócio. Noções como sustentabilidade social corporativa, utilização responsável dos recursos, equidade, transparência, anticorrupção e antifraude são importantes indicadores a serem avaliados e, principalmente, divulgados pelas organizações. Com isso, voltamos à pergunta inicial: como as empresas fazem isso? Por onde se deve começar? O primeiro passo é ter conhecimento sobre o assunto, estar atualizado sobre as tendências e iniciativas realizadas por outras empresas. O segundo passo é absorver essas informações e entender como conectar com sua atividade e as necessidades da empresa, definindo as práticas a serem priorizadas, afinal, existe uma infinidade de soluções atualmente, e conseguir filtrar, analisar e formar um planejamento pode se tornar um processo bem difícil. Para isso, o auxílio de profissionais especializados é recomendado, pois, além de otimizar o tempo e trabalho das equipes internas, o olhar externo à sua organização pode oferecer soluções imparciais e focadas na organização como um todo. Se você quiser saber mais sobre o assunto, você pode pesquisar pelas palavras-chave: ESG, ODS e Pacto Global no seu mecanismo de busca de preferência. Nas plataformas da Girardi e através do nosso mailing, você também receberá mais conteúdos sobre o tema e nossos serviços relacionados.

(Texto de Mariana Schneider Dias - Consultora Girardi Brasil)


 

Link para acessar a pesquisa da PwC: https://www.pwc.com.br/pt/estudos/setores- atividade/financeiro/2022/pesquisa-global-com-investidores-2021.html Participe do Ecosperity Week 2023 – para mais informações e inscrição gratuita no evento, acesse: https://www.ecosperity.sg/en/events/ecosperity-week-2023.html

Comments


bottom of page