• Girardi

Sem perguntas


Na medida em que envelhecemos, deixamos de fazer perguntas e perdemos muito nosso potencial de novos aprendizados. As crianças são questionadoras, curiosas e inquietas. Os pais precisam dar, constantemente, explicações aos seus filhos. A curiosidade deles é imensa. É uma pergunta atrás da outra.


Conforme envelhecemos, entendemos que devemos ter as respostas para as perguntas e deixamos de fazer os questionamentos. Se a afirmação de alguns autores e pensadores de que “são as perguntas que movem o mundo” for adequada, é possível que, aos poucos, ficaremos estáticos.

2 visualizações

© 2017. Girardi.

  • Facebook
  • YouTube
  • Linkedin
  • Fale Conosco